Tragédia traz à tona história de relacionamento abusivo

Postado por Mahana Cassiavillani do blog Um teto só meu na categoria Literatura em 02/02/2015 às 19:40:42 | Cliques: 53

Dia 24 de janeiro desse ano, um homem saiu com seus quatros filhos de casa para nunca mais voltar. Deixou uma carta para a mulher, 18 anos mais nova, informando-a de que aquela era a última vez que veria os filhos.

Comentários

Genaldo Lial faz a sua arte, seja aqui ou em qualquer parte

Genaldo Lial faz a sua arte, seja aqui ou em qualquer parte

Yeah, amigos leitores, as novidades não param: hoje tenho o prazer incomensurável de compartilhar, neste espaço lírico-virtual, mais um fodástico (e o mais recente) poema do profes... [Continue lendo]
Céu, Inferno ou um Eterno Carnaval: As diversas faces da poética de Ana Karolina

Céu, Inferno ou um Eterno Carnaval: As diversas faces da poética de Ana Karolina

Faz quase um ano que eu aguardava um sinal positivo dessa fodástica poetamiga para compartilhar seus poemas... E finalmente a espera terminou, amigos leitores: hoje trago ao blog a... [Continue lendo]
O amor incondicional no antigo caderno de poemas de Diana Paim

O amor incondicional no antigo caderno de poemas de Diana Paim

Yeah, amigos leitores, o blog não para de trazer novidades: hoje resgato o antigo caderninho de poemas da super-talentosa poetamiga teresopolitana Diana Paim.
Solidões Compartilhadas: Gilson Gabriel Eternizando sua Estrada Poética

Solidões Compartilhadas: Gilson Gabriel Eternizando sua Estrada Poética

Retorno ao compartilhamento de solidões poéticas com mais um poema do Mestre dos Mestres, o mais-que-fodástico poetamigo valenciano Gilson Gabriel, que amanhã comemorará 52 anos de... [Continue lendo]
Sambando na cara de quem confunde brasilidade com exaltação cega ao mito do carnaval

Sambando na cara de quem confunde brasilidade com exaltação cega ao mito do carnaval

Minha relação com o carnaval sempre foi bipolar: ora caio na folia, fascinado com a poesia e beleza de uma das festas mais populares no Brasil; ora me recolho, aproveitando o momen... [Continue lendo]
Leitura Nerd  O Reino das Vozes Que Não se Calam

Leitura Nerd O Reino das Vozes Que Não se Calam

O Leitura Nerd de hoje chega apresentando O Reino das Vozes Que Não se Calam. Conheça este romance de fantasia juvenil escrito a quatro mãos:
Celebração lírica na Final do Prêmio Olho Vivo 2014: A Poesia de Rosangela Carvalho, Carlos Brunno e Pedro Henrique Mezzabarba

Celebração lírica na Final do Prêmio Olho Vivo 2014: A Poesia de Rosangela Carvalho, Carlos Brunno e Pedro Henrique Mezzabarba

Teatro Gacemss, 06/02/2015 - A Final do Prêmio Olho Vivo 2014, organizada pelo jornalista e incansável ativista cultural Cláudio Alcântara, foi uma festa fodástica e grandiosa!
Inspirados em Renato Russo e Dorival Caymmi: O Louco Amor e a Saudade nos poemas do saudoso 9.º B do ano passado

Inspirados em Renato Russo e Dorival Caymmi: O Louco Amor e a Saudade nos poemas do saudoso 9.º B do ano passado

eah, amigos leitores, o blogueiro que vos fala voltou ao batente – as aulas na rede municipal de ensino de Teresópolis/RJ já começaram. E nada melhor que iniciar as postagens de fe... [Continue lendo]
Poesia: Melancolia e Fé

Poesia: Melancolia e Fé

poesia de amor, saudade, fé, esperança. A poesia está presente em cada ser e um pouco de poesia não faz mal a ninguém.
Tragédia traz à tona história de relacionamento abusivo

Tragédia traz à tona história de relacionamento abusivo

Dia 24 de janeiro desse ano, um homem saiu com seus quatros filhos de casa para nunca mais voltar. Deixou uma carta para a mulher, 18 anos mais nova, informando-a de que aquela era... [Continue lendo]
Beijo Cibernético (1998) ReLoaD, com a voz do Google Tradutor e Estúdio Black Cult

Beijo Cibernético (1998) ReLoaD, com a voz do Google Tradutor e Estúdio Black Cult

rago, mais uma vez, só que numa versão inusitada e em formato de clipoema (yeah, voltando às edições de vídeos poéticos experimentais), um poema que escrevi, em 1998, chamado “Beij... [Continue lendo]
Os versos banhados em vinho, ressurgidos como fênix no poleiro, do jovem velho rapaz Luiz Guilherme Monteiro

Os versos banhados em vinho, ressurgidos como fênix no poleiro, do jovem velho rapaz Luiz Guilherme Monteiro

Hoje tenho o prazer de compartilhar mais uma vez minhas solidões poéticas com o “jovem velho rapaz”, o fodástico poetamigo Luiz Guilherme Monteiro, um dos maiores poetas da “nova v... [Continue lendo]
6 livros de suspense que vão te prender do início ao fim

6 livros de suspense que vão te prender do início ao fim

Independente de ser em filmes, peças ou livros, o gênero é um dos que mais prendem nossa atenção. Por isso, listamos seis livros em que a tensão não vai te deixar largá-lo sem que ... [Continue lendo]
Yeah, o Sarau Feira Moderna agitou São Gonçalo/RJ pela terceira vez!

Yeah, o Sarau Feira Moderna agitou São Gonçalo/RJ pela terceira vez!

Metallica Pub, 24 de janeiro de 2015 - Tive a oportunidade de me apresentar na 3.º Edição do Sarau Feira Moderna (yeah, participei das 3 edições!), realizado pelo Feira Moderna Zin... [Continue lendo]
Leitura Nerd: Cemitérios de Dragões

Leitura Nerd: Cemitérios de Dragões

Confira o imponente universo de Cemitérios de Dragões. Conheça a obra de Raphael Draccon, que inspirada nas antigas séries Tokusatsu, nos traz sua trilogia do Legado Ranger.
O Foda-se Imprescindível: Bem-vindos aos Delírios Líricos de Luana Cavalera!

O Foda-se Imprescindível: Bem-vindos aos Delírios Líricos de Luana Cavalera!

Hoje tenho o prazer de compartilhar mais uma vez minhas solidões poéticas com a poetamiga Luana Cavalera, que, junto da poetamiga Karina Silva, assume o título de artista-musa da p... [Continue lendo]
FODSTOCK: A (re) Volta Festiva Eletrilírica do Sarau Solidões Coletivas

FODSTOCK: A (re) Volta Festiva Eletrilírica do Sarau Solidões Coletivas

2015 chegou e o Sarau Solidões Coletivas (re)voltou! Na noite de 17 de janeiro no Bar Na Moita, na Estrada do Contorno, n.º 3658, em Cambota, Valença/RJ [um pouco depois do Pesque... [Continue lendo]
Você ja ouviu falar em Destrua este Diario?

Você ja ouviu falar em Destrua este Diario?

Ola amigos, o Destrua Este Diário é um diário que você pode se expressar, usar sua imaginação e fazer o que bem entender com ele, afinal essa é a intenção. Divirta-se.
Solidões Compartilhadas: O Drama de Patricia Porto

Solidões Compartilhadas: O Drama de Patricia Porto

Janeiro é um mês de viagens externas, internas, poéticas, eternas. È momento de pesar (ou não pesar) seu eu (ou seus eus líricos), é momento de sentir o peso dramática de um poema ... [Continue lendo]
Je suis Charlie, manchado de sangue, banhado em liberdade e eternidade.

Je suis Charlie, manchado de sangue, banhado em liberdade e eternidade.

Hipotético Século XXI, 2015, minha primeira postagem do ano e, apesar de todos os séculos passados, artistas ainda são mortos e dizimados por fanáticos facínoras que afugentam o pr... [Continue lendo]
14526
Literatura
Próxima página